ENFEITICADOS PELO DESEJO PDF

Literatura americana 2. Sexo I. O Conselho Superior estava pronto para se meter com ela de novo. Ele abriu um sorriso devastador para a recepcionista antes de fechar a porta. Oh, meu Deus.

Author:Met Zuluramar
Country:Kenya
Language:English (Spanish)
Genre:Medical
Published (Last):15 December 2006
Pages:263
PDF File Size:11.57 Mb
ePub File Size:1.85 Mb
ISBN:839-3-96037-406-5
Downloads:50244
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Shaktim



Literatura americana 2. Sexo I. O Conselho Superior estava pronto para se meter com ela de novo. Ele abriu um sorriso devastador para a recepcionista antes de fechar a porta. Oh, meu Deus. Primeiro tinha que conferir se ele iria revelar quem era ou se pretendia fingir. O olhar dela moveu-se para a miniatura moldada em cristal sobre a mesa e, em seguida, para o homem com a covinha libertina que sorria carinhosamente.

Ela teria que agradecer ao Conselho por esse presente quando tivesse terminado com ele. Sexo encarnado. Ela podia sentir-lhe o cheiro, senti-lo com sua proximidade. Uma criatura primitiva. Assim como ela. Victoria indicou-lhe a cadeira na frente de sua mesa com tampo de vidro. Um lado de sua boca se curvou em um sorriso.

Ela duvidava que o Conselho exercesse mais controle sobre ele que sobre ela. O sorriso dela alargou-se. Mais cedo ou mais tarde, todos eles sucumbiam.

Sua voz era profunda e um pouco rouca, como se ele tivesse acabado de sair da cama. Com que eu haveria de me preocupar? John, e nem um pouco injusta. Apesar de estar de costas para ele, Victoria sentiu o calor de seu olhar acariciando o comprimento do seu corpo.

Perdendo sua perspectiva, Victoria se afastou. Muito tempo havia se passado desde que ela tinha se entregado a um homem poderoso. Muito tempo. Westin tinha isso e uma magia muscular em estado puro. Ele estava seguindo-a. Lembrando-lhe de que ele era o predador ali.

Ah, pode ser divertido. Se ele quisesse jogar. Certamente ele sabia como ela funcionava. Antes do presente de Darius, ela tinha sido como os outros Familiares. Alguns Familiares estavam descontentes com seus parceiros. Ela teve sorte na primeira vez, ao encontrar um amor com Darius que transcendia o tempo. Agora, por causa desse amor, ela era demasiado poderosa para ser contrariada.

Nunca haveria outro bruxo para ela. Fixando-a no lugar. Ela nunca se permitiria ser disponibilizada dessa forma novamente. Ela fez um beicinho. Max Westin estava definitivamente acostumado a conseguir o que queria. Seria igual a entrar em uma gaiola. Ele se recomporia e voltaria, ela sabia. E ela estaria esperando. John Hotel e xingou furiosamente. Victoria St.

John era um problema. Ele soube disso no momento em que o Conselho o convocou. Domar os selvagens era uma tarefa para feiticeiros menores, mais novos. Quando conheceu sua presa, no entanto, ele entendeu. Pessoalmente, no entanto, Victoria era devastadora, totalmente sensual e quente.

Ela havia deixado isso bem claro com seu sorriso. Ela sabia quem e o que ele era, o que significava que os rumores de seu poder eram verdadeiros. Darius tinha sido um tolo. Victoria era um excelente exemplo.

Max virou a esquina e entrou numa rua lateral. Mas por que ela estava agindo dessa maneira? Ela estava muito segura de si, muito calculada.

Domar Victoria demandaria uma abordagem especial. O poder dela havia sido aumentado de alguma forma; foi com surpresa que ele sentiu a carga que ela trazia. Isso explicava como ela havia conseguido evitar a captura por todos estes anos. Muitos falharam. Ele parou, cauteloso. Foi isso o que eu concordei em fazer.

Ele deveria ter se sentido tranquilizado por isso. Deixe-me planejar. Mas ele ponderou. Algumas semanas com Victoria.

Max era respeitado por salvar milhares, destruindo os poucos que causariam estragos com seu mal. Ela era agora um Outro? O que a deixou com uma pergunta que passara anos tentando responder — seu objetivo final era morrer? Ela, na verdade, alimentava um desejo de morte agora que Darius tinha ido embora?

Isso seria um golpe cruel no Conselho. O Conselho haveria de se arrepender disso, ela podia garantir. Se tivesse ido jantar como ela queria, ela poderia estar se esfregando contra aquele lindo corpo masculino agora. Estava preparada para mudar para a forma felina quando o som da campainha a interrompeu. Caminhando vagarosamente pelo piso de madeira dourada, ela farejou o ar. Um prazer inesperado aqueceu seu sangue. Abrindo a porta, ela ficou sem fala por um momento.

Usando Armani, Max Westin estava devastador. Ele estava Max sorriu. Ela ronronou em resposta. Enquanto sorvia o creme, Victoria enrolou a cauda em torno do pulso de Max. Outros como ela. Ela derreteu-se na bancada. Sentia falta de ter um homem constante em sua vida. Ele estava, surpreendentemente, muito ocupado cuidando dela para fazer sexo sem compromisso. Atravessar toda a eternidade sem um parceiro estava custando caro.

Que a amasse. Uma capa vermelha acenando para um touro furioso. Darius sabia disso. Ela suspirou, e esperou que ele se aproximasse. Nenhum homem ou bruxo poderia resistir por muito tempo a uma mulher nua, inclinada e disposta. Para ela. Seus olhos se fecharam enquanto ele se concentrava naquele leve toque de tristeza.

Mais que a sua beleza. Max pegou o longo garfo de metal. Assustada, ela o encarou. Projetados para o seu paladar, os sabores se combinavam para formar um deleite para os sentidos. Victoria engasgou com a intimidade inesperada, e Max deslizou mais um bocado para dentro de sua boca.

EDWARD SAID ORIJENTALIZAM PDF

Resenhas - Enfeitiçados Pelo Desejo

Victoria is just dull. The rest is just adjectives thrown into a persona. Max ran his hand over her soft black fur. She purred in reply.

ANGELU IMPERIJA PDF

Enfeitiçados pelo Desejo - Sylvia Day

.

Related Articles