ORDO RITUUM CONCLAVIS PDF

Main article: Papal selection before The procedures for the election of the pope developed over almost two millennia. Until the college of cardinals was created in , the Bishops of Rome, like those in other areas, were elected by acclamation of the local clergy and people. Procedures similar to the present system were introduced in when Gregory X promulgated Ubi periculum following the action of the magistrates of Viterbo during the interregnum of — Aeterni Patris Filius prohibited this practice and established two-thirds as the standard needed for election.

Author:Yozshubei Gubei
Country:Turks & Caicos Islands
Language:English (Spanish)
Genre:Politics
Published (Last):20 December 2010
Pages:452
PDF File Size:16.72 Mb
ePub File Size:13.31 Mb
ISBN:417-9-24508-989-4
Downloads:17169
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Masho



Cristo, atendei a nossa splica. J na Capela Sistina os Cardeais ocupam cada um o lugar prprio. O Livro dos Evangelhos colocado em um lugar adequado e digno, para presidir a celebrao e as deliberaes dos Cardeais, at a eleio do Romano Pontfice.

Terminado o canto da Ladainha com as invocaes, o Cardeal Decano ou, se ele estiver ausente ou legitimamente impedido, o primeiro Cardeal por ordem e por antiguidade estando de p prximo ao altar entoa o hino "Veni, creator Spiritus", invocao solene do Esprito Santo: Vinde, Esprito Criador!

Vinde, Esprito criador, visitai as nossas mentes, enchei da tua graa os coraes que criastes. Dedo da mo de Deus, promessa do Salvador, irradiai os teus sete dons, suscitai em ns a palavra. Iluminai o intelecto, flama ardente no corao; sanai as nossas feridas com o blsamo do teu amor.

Defendei-nos do inimigo, trazei como dom a paz, a tua orientao invencvel nos preservai do mal. Luz de eterna sapincia, revelai-nos o grande mistrio de Deus Pai e do Filho unidos em um s Amor. Terminado o canto, o Cardeal Decano que preside a celebrao diz: Oremos. Todos rezam em silncio por algum momento. Ento o Celebrante prossegue: Pai, que guiais e protegeis a vossa Igreja, dai aos vossos servos o Esprito de inteligncia, de verdade, de paz, para que se esforcem em conhecer a vossa vontade, e vos sirvam com total dedicao.

Por Cristo nosso Senhor. O Juramento Depois da orao, os Cardeais eleitores, na presena de todos aqueles que participaram da procisso solene, pronunciaro o juramento.

O Cardeal Decano ou, se ele estiver ausente ou legitimamente impedido, o Subdecano ou o primeiro dos Cardeais por ordem e por antiguidade, pronunciar em voz alta a seguinte frmula de juramento: Todos ns, e cada Cardeal eleitor presente nesta eleio do Sumo Pontfice, prometemos, nos obrigamos e juramos observar fielmente e escrupulosamente todas as prescries contidas na Constituio apostlica do Sumo Pontfice Joo Paulo II, Universi Dominici Gregis, emanada em 22 de fevereiro de Igualmente, prometemos, nos obrigamos e juramos que qualquer um de ns, por disposio divina, seja eleito Romano Pontfice, se empenhar em realizar fielmente o munus Petrinum de Pastor da Igreja universal e no deixar de afirmar e defender arduamente os direitos espirituais e temporais, e a liberdade da Santa S.

Sobretudo, prometemos e juramos observar com a mxima fidelidade para com todos, seja clrigo ou leigo, o segredo sobre tudo aquilo que de qualquer modo resguarda a eleio do Romano Pontfice e sobre aquilo que estiver no lugar da eleio, concernente direta ou indiretamente ao escrutnio; de no violar de modo algum este segredo seja durante, seja depois da eleio do novo Pontfice, a menos que no tenha sido concedida autorizao explcita do mesmo Pontfice; de no prestar mais apoio ou favor a qualquer interferncia, oposio ou outra forma qualquer de interveno com a qual a autoridade secular de qualquer ordem e grau, ou qualquer grupo de pessoas ou ente querido de interferir na eleio do Romano Pontfice.

Em seguida cada Cardeal eleitor, segundo a ordem de precedncia, prestar o juramento com a seguinte frmula: E eu N. E colocando a mo sobre o Evangelho, apresentado a cada um deles pelos Cerimonirios, acrescenta: Assim Deus me ajude e estes Santos Evangelhos que toco com a minha mo.

Quando o ltimo dos Cardeais eleitores tiver prestado o juramento, o Mestre das Celebraes Litrgicas Pontifcias ordena: Extra omnes, e aqueles que no participam no Conclave deixam a Capela Sistina.

Terminada a meditao, o eclesistico que a realizou e o Mestre das Celebraes Litrgicas Pontifcias saem da Capela Sistina; as portas j esto fechadas e postos os guardas em todas as entradas da Capela. Feito isto, o Cardeal Decano ou aquele que lhe faz as vezes, convida o Colgio dos Eleitores, a submeter-se imediatamente aos mesmos afazeres a serem tratados com urgncia ou convidar a procederem aos trabalhos da eleio, segundo a forma indicada no n 54 da Constituio Apostlica.

Esta sesso se encerra oportunamente invocando a ajuda da Virgem Me de Deus, com o canto da antfona"Sub tuum praesidium". Ocorrido felizmente e canonicamente a eleio, o ltimo dos Cardeais Diconos chama na sala de eleio o Secretrio do Colgio dos Cardeais, o Mestre das Celebraes Litrgicas Pontifcias e dois Cerimonirios.

O Cardeal Decano ou, se ele estiver ausente ou legitimamente impedido, o Subdecano ou o primeiro dos Cardeais por ordem e por antiguidade, em nome de todos os eleitores pergunta o consentimento do eleito com as seguintes palavras: Aceitas a tua eleio cannica como Sumo Pontfice?

E apenas recebido o consentimento, lhe pergunta: Com qual nome vs sereis chamado? O Sumo Pontfice indica o nome de sua escolha com as seguintes palavras ou com outras similares: Me chamarei N. Depois o Mestre das Celebraes Litrgicas Pontifcias, com funo de notrio e tendo por testemunha dois Cerimonirios, redige a aceitao verbal do Sumo Pontfice e o nome por ele tomado.

Se o Eleito residir fora da Cidade do Vaticano, os Cardeais eleitores escolhem dois Cardeais que assistem o Cardeal que preside at a chegada e a aceitao do Eleito.

Ento o Cardeal que preside e os dois Cardeais que o assistem chamaro o Substituto da Secretaria de Estado, o qual com cautela far de forma que o Eleito vir o mais rpido possvel a Roma, evitando absolutamente os meios de comunicao, pelos quais pode ser violado o segredo do Conclave.

Estando o Eleito na Cidade do Vaticano, o Substituto da Secretaria de Estado informa imediatamente a sua chegada ao Cardeal que preside e segue exatamente as suas ordens. O Cardeal que preside, depois de ter se aconselhado com os dois Cardeais que o assiste, convocar os Cardeais eleitores e introduzir o Eleito na Capela Sistina, para que se proceda ao rito de aceitao. Depois da aceitao, o Eleito que havia j recebido a ordenao sacerdotal, imediatamente Bispo da Igreja de Roma, verdadeiro Papa, e Cabea do Colgio episcopal; o mesmo adquire de fato a plena e suprema potestade sobre a Igreja universal.

Se o Eleito privado do carter episcopal, depois da aceitao, o Decano del Colgio dos Cardeais ou, se ele estiver ausente ou legitimamente impedido o Subdecano ou o primeiro dos Cardeais por ordem e por antiguidade, aconselhando-se com os outros Cardeais, estabelece que se faa, de modo que o Mestre das Celebraes Litrgicas Pontifcias providencie tudo para o Eleito seja imediatamente ordenado Bispo com rito solene.

A Ordenao se faa segundo as normas contidas no Pontifical para a Ordenao de Bispo. Nesta Ordenao agir como primeiro Bispo consagrante o Decano do Colgio dos Cardeais ou, se ele estiver ausente ou legitimamente impedido, o primeiro entre os Cardeais Bispos. Depois da aceitao se queimam as cdulas e as outras escrituras, segundo quanto ficou dito acima.

Convm todavia que desta vez, com o conselho dos tcnicos, seja feito sair o fumo branco, a chamada "fumaa branca", que sinal de ter acontecido a eleio do novo Sumo Pontfice. O Pontfice, depois de ter sido revestido na Sacristia com a ajuda do Mestre das Celebraes Litrgicas Pontifcias, as vestes que lhe so prprias, retorna Capela Sistina e senta na Ctedra.

Ento o Decano do Colgio dos Cardeais ou, se ele estiver ausente ou legitimamente impedido, o Subdecano e o primeiro dos Cardeais Bispos, sada o Romano Pontfice com as seguintes palavras: Beatssimo, Pai, nesta hora solene em que por um misterioso desgnio da divina Providncia, fostes eleito para a Ctedra de Pedro, antes de elevar, unnime as nossas oraes a Deus e de agradec-lo pela tua eleio juntamente com a beata Sempre Virgem Maria, Me de Deus e todos os Santos, convm recordar as palavras com as quais nosso Senhor Jesus Cristo prometeu a Pedro e aos seus sucessores o primado do ministrio apostlico e do amor.

O Senhor esteja convosco. E com o teu esprito. Glria a ti, Senhor. Naquele tempo, Jesus foi regio de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos seus discpulos: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?

Eles responderam: Alguns dizem que Joo Batista; outros que Elias; outros ainda, que Jeremias ou algum dos prof etas. Ento Jesus lhes perguntou: E vs, quem dizeis que eu sou? Respondendo, Jesus lhe disse: Feliz s tu, Simo, filho de Jonas, porque no foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que est no cu. Por isso eu te digo que tu s Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poder venc-la.

Eu te darei as chaves do Reino dos Cus: tudo o que tu ligares na terra ser ligado nos cus; tudo o que tu desligares na terra ser desligado nos cus. Palavra do Senhor. Louvor a ti, Cristo. Ou: Apascenta as minhas ovelhas V. Depois [que Jesus se manifestou aos seus discpulos e de ter comido com eles], perguntou a Simo Pedro: "Simo, filho de Joo, amas-me mais do que estes?

Todos por algum tempo, rezam em silncio. Deus, que no desgnio da tua sabedoria edificaste a tua Igreja sobre a rocha de Pedro, cabea do colgio apostlico, guardai e sustentai o nosso Papa N. Os Cardeais eleitores, segundo a ordem de precedncia, se aproximam do neo eleito Sumo Pontfice para prestar-lhe o ato de obsquio e de obedincia.

Se o Eleito for privado do carter episcopal, somente depois que for solenemente ordenado Bispo lhe ser prestado o ato de obsquio e de obedincia. Terminado o ato de obsquio e de obedincia ao Sumo Pontfice, se rendem graas a Deus.

O primeiro dos Cardeais Diconos, da Loja externa de Bnos da Baslica Vaticana, anuncia em alta voz ao povo a eleio do novo Pontfice, com estas palavras: Annuntio vobis gaudium magnum; habemus Papam: Eminentissimum ac Reverendissimum Dominum, Dominum N. Related Interests.

K2698 TOSHIBA PDF

Papal conclave

.

DOT-SP 9168 PDF

Ordo Rituum Conclavis

.

Related Articles